Início » Bancos e grandes orgãos federais  reconhecem a segurança da tecnologia usada nas criptomoedas: Receita Federal lança nova solução blockchain

Bancos e grandes orgãos federais  reconhecem a segurança da tecnologia usada nas criptomoedas: Receita Federal lança nova solução blockchain

 

 

A Receita Federal do Brasil (RFB) lançou uma nova ferramenta com a tecnologia blockchain para permitir que instituições públicas compartilhem dados. Há alguns anos, o órgão público de fiscalização aduaneira e arrecadação de impostos já havia feito uma parceria com a Dataprev, criando assim as soluções b-CPF e b-CNPJ no Brasil.

Dessa forma, empresas públicas passaram a utilizar essa solução para obter informações das pessoas físicas e jurídicas do Brasil, em convênios assinados com a Receita Federal. Essas soluções já utilizavam a tecnologia blockchain Ethereum como camada base. Uma das últimas instituições a se conveniar com essa solução foi o Tribunal Superior do Trabalho (TST), no início do mês de agosto. 

A novidade da Receita Federal é chamada de Cadastro Compartilhado. De acordo com o órgão público, essa iniciativa feita com o Serpro possibilitará mais acessibilidade para obter dados de brasileiros e empresas do país.

Conforme a receita, para acessar a nova solução as entidades devem entrar em contato com a Assessoria de Cooperação e Integração Fiscal (Ascif), que definirá os acessos às informações de cada órgão parceiro. 

Em nota, a RFB afirmou que a instalação das bases é feita de forma automatizada, sendo que após a implementação o parceiro já recebe uma cópia da base de dados. Quando a Receita Federal realiza qualquer atualização em alguma das bases, as organizações parceiras recebem a atualização um dia depois.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *